Gatinho resgatado é tão feliz que não para de sorrir…

Tulip, um gatinho de 10 meses, enfrentou inúmeros desafios em sua curta vida.

Encontrado nas ruas de Ontário, no Canadá, ele foi levado por um resgate local, com cerca de duas semanas de idade. Tulip estava sofrendo de uma infecção nos olhos, mas ainda sorria para a câmera quando o resgate tirou uma foto dele para o site. Mal sabia o gatinho que essa foto iria ajudá-lo a encontrar uma família amorosa para sempre.

Jenn e Chris passaram meses procurando um companheiro para seu gato Pinecone, quando o sorriso de Tulip apareceu na tela do computador. “Seu sorriso em sua pequena foto de propaganda nos atraiu imediatamente”, Jenn disse.

O casal apresentou um pedido para a adoção do gatinho e foi aprovado. Quando foram encontrá-lo, não conseguiram acreditar que o gatinho ainda estava sorrindo. 

Sua conexão foi instantânea. “No mesmo segundo em que a conhecemos, nos apaixonamos pela aparência e pela personalidade dela”, observou Jenn.

Quando trouxeram Tulip para casa, o gatinho continuou a mostrar seu doce sorriso.

“No começo achamos que fosse apenas um anúncio em sua propaganda, mas assim que o levamos para casa e começamos a tirar inúmeras fotos dele, percebemos que era algo permanente”, acrescentou Jenn. “O sorriso dele está sempre lá”.

Mesmo com alguns problemas médicos, o gatinho sorriu para que seus pais soubessem que tudo ficaria bem.

“A parte realista de mim gosta de pensar que sua coloração tem muito a ver com seu sorriso constante”, disse Jenn. “Então outra parte de mim gosta de pensar que está sempre sorrindo porque sabe que aos 10 meses ela já superou tanta coisa”.

Tulip agora é saudável, ele gosta de brincar e carregar seus brinquedos, ficar perto do aquário e irritar seu irmão mais velho, de quem ele não se separa.

“Ele é a eterna lembrança de que as coisas sempre mudam e melhoram, não importa o quão difíceis pareçam no momento”, acrescentou Jenn. “É difícil imaginar nossas vidas sem o sorriso dele. Ele acrescentou muita alegria aos nossos corações e ao nosso lar”.

Esse sorriso é contagiante, não acham???

Traduzido e adaptado por: Eu amo os cachorros

Fonte: thedodo

Conheçam a “Burrolândia”, um santuário para os burrinhos maltratados.