Conheçam a “Burrolândia”, um santuário para os burrinhos maltratados.

Os pobrezinhos estão em perigo de extinção…

Os burros são animais que os humanos sempre usaram para o trabalho no campo ou de carga, estão longe de se tornarem animais de estimação…

Ou estavam, já que em Otumba, no México, desde 2006 existe a “Burrolândia”, um espaço que é dado à tarefa de resgatar e cuidar de burrinhos mexicanos que precisam de ajuda, além disso, deve-se notar que é uma espécie em perigo de extinção.

O burrinho mexicano está em perigo de extinção, em primeiro lugar porque muitos espécimes morrem devido ao trabalho excessivo a que estão sujeitos, mas também porque mulas e máquinas os substituíram no trabalho que é feito no campo, então os fazendeiros não se preocupam mais em garantir sua reprodução.

O número de burros mexicanos pulou de 300 mil burritos em 1991; para 180 no ano de 2007, um número realmente preocupante que continuou a diminuir nos anos subseqüentes.

Por sorte, Otumba, um lugar conhecido como “O Berço do Burro”, que fica a não mais do que duas horas da Cidade do México, foi fundado em um local dedicado à preservação desta espécie, bem como que a “National Donkey Fair” também é realizada lá.

“Como é bonito saber que eles já têm um espaço onde podem ficar sem o peso das cargas para carregar. Eles são tão inteligentes e tão nobres esses animais”, comentou um internauta.

Germán Flores Sauza foi quem criou este lugar, que tem 4 hectares para os pequeninos que vivem lá poderem desfrutar, ele salvou vários burrinhos.

Veja, no vídeo abaixo, a Burrolandia:

¡Visita Burrolandia México!Acércate y vive una experiencia única llena de fantasía, diversión y aprendizaje en donde podrás conocer todo sobre el burro, así como a los 33 burritos que tenemos en protección.¡No lo pienses mas! Recuerda que con tu visita, contribuyes con el rescate del burrito mexicano.Burrolandia México, #Aquenoteaburres!!!

Posted by Burrolandia México A.C. on Tuesday, November 13, 2018

Para poder pagar as despesas do abrigo, o local é aberto ao público, para que os visitantes possam interagir com os burrinhos, acariciá-los, alimentá-los e também fazer viagens em um pequeno trem.

Um dos sonhos de Germán é que, algum dia, as pessoas queiram adotar um burrito (é claro que não o sujeite a trabalhos pesados), e que se dêem a oportunidade de viver com a espécie para perceber que são muito inteligentes, divertidos e carinhosos.

As crianças gostam de brincar com os burrinhos e descobrem que são extremamente doces.

“Devemos sempre criar consciência de que todo ser vivo merece ser respeitado, especialmente os animais que são tão indefesos e que não devem ser maltratados”, disse outro internauta.

Em apenas 25 anos, 75% da população de burros no México desapareceu.

Sem dúvida, todos os animais são seres capazes de sentir sensações e sentimentos de forma consciente e merecem ser tratados com dignidade e respeito, sem serem submetidos a longas horas de trabalho e dentro de um lar amoroso que garanta seu bem-estar.

Traduzido e adaptado por: Eu amo os cachorros

Fonte: Zoorprendente

A entrada majestosa deste cãozinho, para entregar as alianças no casamento, se torna viral

Gatinho resgatado é tão feliz que não para de sorrir…