Filhote de urso fica preso em arame farpado, por 8 horas angustiantes

A invasão humana constante em habitats selvagens, cada vez mais, causa maior devastação, deixando um saldo de acidentes terríveis, como a que sofreu este pequeno urso, terrivelmente assustado, se enrosca em um arame farpado. O mais triste de tudo é que, por mais que tentasse, o urso não conseguia se soltar.

O pobrezinho estava ficando cada vez mais ferido, toda vez que ele tentava se libertar.

“O pobre urso estava muito angustiado e estava lutando para se libertar”, disse Kartick Satyanarayan, co-fundador da “Wildlife SOS” , organização que resgata e reabilita a vida selvagem na Índia.

“Ele tinha uma armadilha apertada em torno de sua perna e para piorar as coisas, ele ficou preso em uma cerca de arame farpado por quase oito horas”, disse Satyanarayan.

Felizmente, os agricultores locais viram o pequenino, que aparentava ter apenas 10 meses de idade. Imediatamente, eles alertaram o departamento florestal local em Karnataka, na Índia, que contatou a “Wildlife SOS” . Uma equipe de resgate que se apressou em ajudar o pobrezinho.

“Na tentativa de se libertar, o urso vinha lutando por horas, causando inchaço na pata traseira, devido à armadilha. Ele também sofreu arranhões do arame farpado e estava sangrando pela boca quando os roeu”, disse Satyanarayan.

Apesar de ter ficar bastante arranhado, o urso não sofreu nenhum ferimento grave e a equipe conseguiu tratá-lo no mesmo local, sem ter que levá-lo de volta a um centro de resgate para reabilitação posterior.

Rapidamente, as equipes de resgate começaram a trabalhar e trataram o urso no mesmo lugar.

Embora, não se saiba como o pequenino foi pego na armadilha, é provável que ele estivesse apenas à procura de comida.

Ursos costumam comer insetos, frutas e flores na floresta. Mas essas fontes de alimento estão sob ameaça, pois as pessoas derrubam florestas para colher madeira e cavar o solo para minerais. Como resultado, os ursos se aventuram em plantações onde as pessoas cultivam frutas, e isso acaba causando problemas.

Suas pernas tiveram muitos cortes…

“Para evitar que eles consumam e danifiquem suas plantações, os agricultores costumam colocar cercas de arame farpado ao redor de suas plantações”, disse Satyanarayan. “Consequentemente, os caçadores os usam como um meio de caçar facilmente os animais selvagens, colocando estrategicamente armadilhas em torno dessas áreas”.

“A mãe do urso foi flagrada na vizinhança, mas devido à intervenção humana, ela não conseguiu se aproximar do filhote”, disse Satyanarayan. “Portanto, depois de resgatar e tratar o filhote, ele foi solto novamente na mesma área para poder retornar à mãe.”

Felizmente, os humanos não tiveram que intervir muito e o pequenino conseguiu se reunir com sua mãe.

Graças à equipe de resgate, o pequeno urso foi salvo, antes que caísse nas mãos de um caçador ilegal. Além disso, o bebê urso conseguiu voltar para o colo de sua mãe. Embora este pequenino tenha tido a sorte de ser resgatado, outros não têm tanta sorte.

“O arame farpado e as armadilhas são uma das ameaças mais cruéis criadas pelo homem e é angustiante imaginar os milhões de animais que são vítimas desses ataques todos os anos na Índia”, disse Satyanarayan.

Apenas uma pequena porcentagem desses animais sobrevive aos horrores dessas armadilhas mortais, felizmente esse garotinho encontrou em seu caminho esses nobres fazendeiros, mas a realidade ainda é muito mais cruel para os outros.

Traduzido e adaptado por: Eu amo os animais

Fonte: Zoorprendente

Conheça Freddy, o cão mais alto do mundo

Barba masculina contém mais bactérias que pelo de cachorro