Abandonados, eles se abraçam e não se separam por nada

Gus e Laurie são dois pastores alemães que têm uma conexão muito especial. Acredita-se que eles foram abandonados juntos. No meio de uma vida tão difícil nas ruas, eles sabiam como se apoiar mutuamente e descob riram que, se ficassem juntos, poderiam enfrentar qualquer dificuldade que a vida pudesse ter.

Os dois cãezinhos vivem na cidade de Stephens, na Virgínia, Estados Unidos.

Uma alma caridosa os encontrou e decidiu ajudá-los, mas não tinha espaço suficiente para lhes dar a vida que mereciam. Eles viveram por um par de semanas em um celeiro e foram então transferidos para o abrigo de um grupo de resgate especializado em pastores alemães: “Shenandoah Shepherd”.

Em meio a tantas mudanças, os pequeninos só se preocupavam em permanecer juntos .

Os pobrezinhos foram encontrados quando tinham apenas três meses de idade.

À primeira vista, os socorristas entenderam que a amizade que os unia era muito especial. Laurie tem pelo marrom e é um pouco menor que Gus. Ela chegou ao abrigo muito assustada e desanimada, então Gus tirou seu instinto protetor e se colocou atrás dela dando- lhe um abraço carinhoso.

“Esta é uma verdadeira história de amor. Eles precisam um do outro”.

Doces fotos mostram a união desses pequenos. O próximo passo foi encontrar um lar para eles, mas depois de tantas dificuldades que enfrentaram juntos, simplesmente não havia como separá-los.

“Você vê que o que mais importa para eles no mundo é poder estar juntos”.

Geralmente é mais fácil para uma família decidir adotar apenas um filhote de cada vez , mas a Fundação decidiu fazer com que os doces Laurie e Gus permanecessem juntos. Eles seriam adotados por uma família que estivesse disposta a abrir as portas de sua casa para os dois.

“Eles devem permanecer unidos. Eles são muito calmos, mas precisam se socializar”.

As imagens fofas e emocionantes logo se tornaram completamente virais. Pessoas de todo o mundo foram movidas por todo o amor que é visto nas fotografias. Milhares de famílias se inscreveram para adotar o lindo par de filhotes e agora começaram sua nova vida em uma casa onde nada vai faltar.

“São adoráveis. Eles merecem o melhor do mundo”.

Laurie e Gus passaram seus primeiros meses de vida lutando por comida e um pequeno abrigo. Felizmente, esses dias foram deixados para trás e eles poderão continuar crescendo juntos em uma atmosfera cheia de amor.

Este é outro exemplo de como todos os cães são carinhosos e especiais.Compartilhe esta bela história para celebrar a nova vida de Laurie e Gus.

Traduzido e adaptado por: Eu amo os cachorros

Fonte: Zoorprendente

“Vivia do meu salário e não pude levá-lo a um veterinário, tratei de cuidar dele, mas não funcionou”

Cãozinho deficiente salva a vida de um bebê recém-nascido, rejeitado pela própria mãe