A pedido da dona, cadelinha saudável é morta nos EUA

Infelizmente, os animais são vítimas da vaidade e do egoísmo do ser humano…

Emma, ​​uma saudável mistura de Shih Tzu, foi sacrificada para satisfazer o desejo de sua falecida dona, que morreu em março.

A cadelinha chegou ao “Chesterfield County Animal Shelter”, em Chesterfield, Virgínia, em 8 de março, após a morte de sua dona, onde permaneceu por duas semanas. Durante esse tempo, o abrigo estava em contato com o responsável legal das propriedades da mulher, que tentava reaver a pequenina.

“Nós sugerimos que eles poderiam assinar para liberar a cadelinha porque é um animal que poderíamos encontrar facilmente uma casa para adoção”, disse Carrie Jones, gerente da “Chesterfield Animal Services”.

Em 22 de março, o responsável pelos bens da dona veio ao abrigo para pegar a cadelinha, disse uma porta-voz da Polícia do Condado de Chesterfield à CNN. 

O abrigo novamente se ofereceu para que assinassem a liberação da pobrezinha, mas o executor recusou. Emma foi então levada a um veterinário local, sacrificada e levada para um centro de cremação de animais de estimação em Richmond, Virgínia. Suas cinzas foram colocadas em uma urna e devolvidas ao representante da propriedade da mulher.

“Chesterfield Animal Shelter” se ofereceu para cuidar da cadelinha, mas o executor recusou. Os cemitérios nos EUA são geralmente regulados pela lei estadual, então é determinada a legalidade de ser enterrado com seu animal de estimação. Em 2014, a Virgínia promulgou uma lei para tornar isso legal. 

A lei permite que uma empresa de cemitérios tenha uma seção dedicada a restos humanos e animais de estimação dos humanos mortos.

No entanto, os cemitérios devem reservar uma parte claramente marcada da propriedade para criar seções onde os animais e os seres humanos são enterrados juntos, e nenhum animal de estimação pode ser enterrado no mesmo túmulo, cripta ou nicho como um ser humano. Pensilvânia, Nova York e Nova Jersey têm leis semelhantes.

Alguns estados permitem que os humanos sejam cremados e depois enterrem suas cinzas em cemitérios de animais de estimação. Outros permitem que animais de estimação sejam enterrados com restos humanos em um lote familiar ou em uma seção adjacente para animais. Outros proíbem isso completamente.

Na Virgínia, veterinários licenciados, técnicos de eutanásia certificados, agentes de controle de animais e investigadores humanos estão autorizados a realizar a eutanásia, de acordo com a American Veterinary Medical Association.

Mas encontrar um veterinário que sacrifique um animal de estimação saudável pode ser um desafio. Embora não seja uma questão legal, os animais de estimação são considerados propriedade pessoal e certamente é uma questão moral.

O Dr. Kenny Lucas, da Clínica de Animais “Shady Grove”, disse que não faria isso.

“Sempre que nos deparamos com uma situação de eutanásia, é uma situação muito emocional, e além de tudo, precisamos fazer eticamente, e juramos fazer isso”, disse ele à WWBT. “Também é algo que levamos para casa . Isso pesa sobre nós como profissionais” .

O que você acha disso? Comente e compartilhe essa triste história…

Traduzido e adaptado por: Eu amo os cachorros

Fonte: CNN

Austrália pretende exterminar 2 milhões de gatos até 2020 usando petiscos envenenados

Animais também ficam de luto…